Tasso abre a campanha de 2018 e diz que Camilo é mandado por uma oligarquia

 

Tasso Jereissati abriu oficialmente a temporada da campanha tucana de 2018 batendo nos Ferreira Gomes e no governador Camilo Santana (PT). Em discurso na convenção do PSDB, o senador disse que “o Governo é mandado pela oligarquia dos Ferreira Gomes”.

Pela primeira vez, o senador bate de forma direta em Camilo Santana, com o qual vem mantendo relações cordiais. Tasso ainda acusou o Governo de cooptar deputados.

“Não devemos temer a luta. Está na hora de mudar”, continuou o tucano que tratou de demarcar os campos políticos ao dizer que ele e seu PSDB não vão se aliar a “nenhum candidato que apoie Lula e o PT”. Tasso ironizou só existir hoje na Assembleia Legislativa quatro deputados de oposição sugerindo que há cooptação por parte do Governo. Entre os que mudaram de lado, está o deputado estadual João Jaime Marinho (DEM), que foi chefe de Gabinete de Tasso nos dois últimos mandatos do tucano como governador.

Com informações do portal focus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *