O POVO conquista Prêmio Gandhi 2017 com especial “Educação Inclusiva”

 

O POVO conquistou o Prêmio Gandhi de Comunicação na categoria Jornalismo Impresso, ontem, com o projeto “Educação Inclusiva”.

Formado por quatro cadernos especiais, o material foi publicado nas edições de 12 a 15 de dezembro de 2016 no O POVO, e distribuído a profissionais da rede pública estadual de ensino. 

O especial foi escrito pelos repórteres Isabel Costa, Lucas Mota e Rômulo Costa, com edição de Helaine Oliveira e Daniela Nogueira. Os cadernos foram pautados nos verbos “Compreender”, “Conviver”, “Crescer” e “Transformar”. “Foi uma contribuição para tentar transformar essa realidade e colocar o jornalismo com sua função social”, destaca Daniela Nogueira. 

O prêmio surge na semana em que uma adolescente trans virou notícia após ter renovação de matrícula rejeitada em uma escola de Fortaleza. “A gente fala também da educação inclusiva de conviver com o diferente, de respeitar e acolher. É uma questão de educação”, pondera a editora. “Que sirva de exemplo para mostrar à sociedade que é possível acolher. E que esse termo, inclusão, serve não apenas para as pessoas com deficiência, mas para quem pensa diferente”, completa. 

Para a repórter Isabel Costa, o prêmio representa reconhecimento para a visibilidade que a inclusão necessita. “Esse trabalho que a gente faz no O POVO é de construção coletiva, de parceria, de dar boas notícias e destacar iniciativas boas todos os dias”. “O prêmio é um estímulo para continuar produzindo matérias que falem sobre a necessidade de trazer espaços inclusivos para a escola e que ela seja cada vez mais acolhedora para as pessoas”, afirma Rômulo Costa. “Isso transforma a sociedade”.

 

Multimídia Confira especial “Educação Inclusiva”, vencedor do Gandhi:http://especial.opovo.com.br/educacaoinclusiva/ 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *