Ceará fecha o ano de 2018 com redução de 12% nas mortes violentas

O Ceará fechou o ano de 2018 com uma redução de 12% nos crimes contra a vida, em todo o Estado, conforme o balanço dos doze meses do ano. Esse resultado foi alcançado após três das quatro regiões do Estado, sendo Fortaleza, Região Metropolitana e Interior Sul, registrarem diminuições nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs). Os dados foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), nesta terça-feira (22) e reforça o compromisso do Governo do Ceará em não medir esforços para fortalecer a segurança pública cearense.

No balanço registrado em todo o Ceará, foram 651 vidas salvas, sendo 4.518 CVLIs em 2018, contra 5.133, em 2017. De todas as regiões, a maior redução se deu em Fortaleza, com um decréscimo de 25,1%, 2018 (1.482) e 2017 (1.979). Em seguida, vem o Interior Sul, com uma diminuição de 17,4%, 2018 (819) e 2017 (991). Na Região Metropolitana, o balanço total foi de – 3,7%. A porcentagem se refere à diminuição de 1.290 casos, em 2017, para 1.242 em 2018. Apenas o Interior Norte sofreu um aumento nos crimes contra a vida. Foi registrado um acréscimo de 11,7%, 2018 (975) e 2017 (873).

Desde abril do ano passado que o Ceará apresenta redução nas mortes violentas. Os balanços positivos nas estatísticas criminais, divulgadas mensalmente pela pasta cearense, foram alcançados, principalmente, com o ingresso de novos servidores, o que permitiu a territorialização em comunidades de Fortaleza que concentravam o maior número de crimes. Ao todo, existem 26 bases de policiamento e dois caminhões de Plataforma de Observação Elevada (POE) na Capital, o que tem impactado na redução dos roubos e homicídios.

Além disso, o Governo investiu ainda na compra de equipamentos de ponta como viaturas, coletes e armamentos para os profissionais de segurança. O Ceará é pioneiro na aquisição de armas de fogo por meio de um processo licitatório internacional e inédito no Brasil. Foram 4.140 novas pistolas da marca SigSauer destinadas às Polícias Civil e Militar.

Outro grande investimento foi o uso de tecnologias aplicadas à segurança pública. A exemplo disso está o aumento do sistema de videomonitoramento e do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) para 44 cidades, o que tem impactado principalmente na abordagem de veículos utilizados por criminosos.

Balanço dezembro

Já no mês de dezembro de 2018, todas as regiões apresentaram diminuição no CVLIs. A maior redução foi em Fortaleza, com 47,2%. A Capital cearense passou de 180 mortes violentas, em 2017, para 95, em 2018. No Interior Sul, a diminuição foi de 19,2. Em 2017, foram 73 casos, e em 2018, foram 59 crimes.

Na Região Metropolitana, a redução foi de 15,1%, 2017 (126) e 2018 (107). Por último, no Interior Norte, a redução foi de 10,7%. A região diminui de 75 casos para 67, no ano passado. Com isso, o Ceará também diminuiu 27,8%, se comparar dezembro de 2018 com o mesmo período do ano anterior, com 126 vidas salvas. Em 2018, foram 328 vidas. Já em 2017, foram 454.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top
%d blogueiros gostam disto: