Veja quem são os 83 milionários que disputam mandatos no Ceará,filho do prefeito de Aracati é um deles

Quase 10% de todos os 915 candidatos que disputarão cargos eletivos no Ceará no próximo domingo declararam à Justiça Eleitoral patrimônio acima da casa de R$ 1 milhão. Ao todo, 83políticos do Estado afirmaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter patrimônio milionário. Espólios dos milionários chegam a mais de R$ 530,8 milhões.

Informação é da Coluna Política do O POVO desta segunda-feira. O índice é puxado sobretudo pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), que declarou patrimônio de R$ 89,2 milhões. Disputando reeleição, o emedebista é dono de diversas empresas da área da segurança e de uma fazenda de 21 mil hectares, entre outros bens.

Ele é seguido de perto por Prisco Bezerra (PDT), candidato a 1º suplente de Senador na chapa de Cid Gomes (PDT). Dono de uma rede de universidades que soma milhares de alunos em todo o País, Bezerra declarou R$ 64 milhões.

Entre os 27 candidatos a deputado federal milionários, os mais ricos são Arnaldo (PSDB), com R$ 19,8 milhões, e o já deputado Genecias Noronha (SD), com R$ 19 milhões. Entre os 45 candidatos a deputado estadual com mais de R$ 1 milhão, se destaca Denise Regadas (PSL), com R$ 23 milhões.

Confira quem são os 83 políticos milionários no Ceará:

Governo do Estado – 1

General Theophilo (PSDB) – 1,2 milhão

Senado Federal – 4

Bardawil (Pode) – R$ 2,2 milhões

Cid Gomes (PDT) – R$ 1,5 milhão

Eduardo Girão (Pros) – R$ 36,3 milhões

Eunício Oliveira (MDB) – R$ 89,2 milhões

1º Suplente de senador – 2

Gaudêncio Lucena (MDB) – R$ 17,6 milhões

Prisco Bezerra (PDT) – R$ 64 milhões

2º Suplente de senador – 4

Dr. Guimarães (Pros) – R$ 1,8 milhão

Edmilson Bastos (PSD) – R$ 5,1 milhões

José Nilson (PSDB) – R$ 3,8 milhões

Júlio Ventura (PDT) – R$ 25,8 milhões

Deputado federal – 27

Adail Carneiro (PP) – R$ 13,1 milhões

Alexandre Damasceno (Pros) – R$ 1,2 milhão

André Figueiredo (PDT) – R$ 4,1 milhões

Arnaldo (PSDB) – R$ 19,8 milhões

Coronel Bezerra (PSL) – R$ 4,1 milhões

Crescêncio Neto (PHS) – R$ 2,1 milhões

Danilo Forte (PSDB) – R$ 2,8 milhões

Denis Bezerra (PSB) – R$ 4,8 milhões

Edmilson Barros (PSL) – R$ 2,7 milhões

Eduardo Bismarck (PDT) – R$ 2 milhões

Fredy (Novo) – R$ 1,1 milhão

Genecias Noronha (SD) – R$ 19 milhões

Gomes Filho (Pros) – R$ 1,2 milhão

Heitor Freire (PSL) – R$ 1 milhão

Júnior Mano (Patriota) – R$ 2,1 milhões

Leônidas Cristino (PDT) – R$ 1,6 milhão

Luciano Muniz (Psol) – R$ 1,1 milhão

Macedão (PP) – R$ 17,9 milhões

Major e Médico Dr. Haroldo (Pode) – R$ 2,5 milhões

Marcelo Medeiros (Novo) – R$ 5,8 milhões*

Moses Rodrigues (MDB) – R$ 3,2 milhões

Pedro Bezerra (PTB) – R$ 3,9 milhões

Pr Carlos Alberto Cruz (PSL) – R$ 1,1 milhão

Rachel Marques (PT) – R$ 1,4 milhão

Robério Monteiro (PDT) – R$ 3,3 milhões

Roberto Pessoa (PSDB) – R$ 13,1 milhões

Totonho Lopes (PDT) – R$ 1 milhão

Deputado estadual – 45

Acaci (PCdoB) – R$ 6 milhões

Agenor Neto (MDB) – R$ 1,8 milhão

Ana Angélica (PCdoB) – R$ 1,3 milhão

Antônio Granja (PDT) – R$ 1 milhão

Apóstolo Luiz Henrique (Patriota) – R$ 2,8 milhões

Audic Mota (PSB) – R$ 1,3 milhão

Aureny Braga (PR) – R$ 1,2 milhão

Avelino Forte (PSDB) – R$ 4,9 milhões

Bruno Benevides (PDT) – R$ 1,3 milhão

Denise Regadas (PSL) – R$ 23 milhões

Diego Barreto (PTB) – R$ 1,1 milhão

Domingos Filho (PSD) – R$ 2,6 milhões

Dr. Sarto (PDT) – R$ 2,1 milhões

Dr. Bruno Gonçalves (Patriota) – R$ 1,1 milhão

Dr. Ciro (Pros) – R$ 1,4 milhão

Dr. Marcos Norjosa (PT) – R$ 1,1 milhão

Ely Aguiar (DC) – R$ 1 milhão

Enilde Coutinho (PSL) – R$ 3 milhões

Evandro Leitão (PDT) – R$ 1,3 milhão

Evanio Guedes (PR) – R$ 9,1 milhões

Fernanda Pessoa (PSDB) – R$ 1,9 milhão

Gony Arruda (PP) – R$ 2,7 milhões

Gordim Araújo (Patriota) – R$ 2,2 milhões

Heitor Férrer (SD) – R$ 2 milhões

Helaine Mendonça (PSDB) – R$ 1,1 milhão

Jarbas (PCdoB) – R$ 2,5 milhões

Jeová Mota (PDT) – R$ 1,4 milhão

José Dias (PPL) – R$ 1,6 milhão

Leonardo Araújo (MDB) – R$ 2,5 milhões

Luciano Girão (PDT) – R$ 9,9 milhões

Mariana Macedo (PMN) – R$ 15,7 milhões

Nezinho Farias (PDT) – R$ 2 milhões

Oriel Nunes Filho (PDT) – R$ 1,1 milhão

Pablo Rolim (Patriota) – R$ 2,6 milhões

Paulinho Macedo (PMN) – R$ 3,2 milhões

Professor Demétrio (PPS) – R$ 2,5 milhões

Professor Luiz Damião (Patriota) – R$ 6,9 milhões

Raimundão (MDB) – R$ 2,1 milhões

Romeu Aldigueri (PDT) – R$ 3,4 milhões

Salmito (PDT) – R$ 1,1 milhão

Seabra (DC) – R$ 1,7 milhão

Sérgio Aguiar (PDT) – R$ 1,3 milhão

Tadeu Oliveira (PPS) – R$ 2,7 milhões

Walter Cavalcante (MDB) – R$ 1 milhão

Zezinho Albuquerque (PDT) – R$ 1,8 milhões

* Citado na relação de candidatos com bens acima de R$ 1 milhão, Marcelo Medeiros (Novo) procurou a coluna para justificar o patrimônio. Destacando que nunca ocupou cargos públicos, Medeiros disse ter acumulado bens em quase R$ 6 milhões após décadas de trabalhos como prático no serviço privado, além de ter feito uma série de investimentos. Ele afirma defender postura econômica liberal, reduzindo gastos públicos na política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top
%d blogueiros gostam disto: