Gravação do Show da Virada da Globo é marcado por estupro na plateia

A Globo não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas a gravação do Show da Virada deste ano foi marcada por um caso de estupro na plateia. O evento, que será exibido no dia 31 de dezembro, foi realizado no último sábado (11), na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte.

De acordo com informações do jornal Balanço Geral, da Record, a vítima foi uma mulher de 21 anos. Ela registrou o Boletim de Ocorrência sobre o abuso sexual que sofreu dentro de um banheiro químico do local. Na ocasião, a dupla sertaneja Jorge & Mateus se preparava para subir no palco.

O suspeito do crime foi identificado como Vanderley Lemos Quaresma e foi preso por agentes da Guarda Municipal. Ele foi identificado pela vítima e tem 16 passagens pela polícia, por furto e outra por porte ilegal de armas. Ele também já foi preso por dois assassinatos e tentativa de homicídio no passado.

A apresentação dos artistas nacionais em Belo Horizonte foi marcada ainda por várias denúncias de furtos. Após ser preso, o homem foi visto portando seis aparelhos celulares, que teriam sido furtados no evento. Vanderley negou ter cometido o abuso sexual e a vítima foi levada para um hospital.

O EVENTO

O Show da Virada contou com a participação de diversos nomes da música brasileira, e milhares de pessoas curtiram apresentações de Luan Santana, Chitãozinho e Xororó, Simone & Simaria, Jorge & Mateus e Wesley Safadão, sob direção artística de Raoni Carneiro, segundo informações do GShow.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *