Cardiologistas do Ceará dizem está de luto pelo Hospital do coração de Messejana

Em páginas no facebook, Cardiologistas do Ceará dizem que o Estado está de luto em referência ao hospital do Coração em Messejana.

Segundo alguns médicos, o hospital está há vários dias sem medicamentos e material para atendimento e realização de procedimentos cirúrgicos e transplantes.

“Não podemos fazer nada, apenas ver nossos pacientes morrerem por infarto e outros problemas cardiovasculares”, relatou um dos médicos que não quis se identificar.

Os cardiologistas chama a atenção do Governo do Estado para o sério problema do hospital, que além dos problemas acima, está faltando,antibióticos, medicamentos como Adrenalina, Primacor, Dobutamina, fios de sutura, compressas, gazes, luvas, soro, equipo e muito mais.

E o mais grave, cirurgia estão sendo suspensas e até descartes de órgãos para transplantes por falta de material.

O Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes é uma unidade terciária especializada no diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas e pulmonares. Dispondo de todos os procedimentos de alta complexidade nestas áreas e destacando-se no transplante cardíaco de adultos e crianças, a instituição é gerenciada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA) e atende pacientes dos 184 municípios do Ceará e das regiões Norte e Nordeste do país. O Hospital é referência no transplante cardíaco de adultos e crianças, e, pioneiro no Nordeste em implante de Coração Artificial, dispositivo de assistência ventricular usado como suporte circulatório em pacientes da lista de espera para transplante e, desde junho de 2011 tornou-se o primeiro hospital de Norte e Nordeste a realizar transplante pulmonar.

Conhecido como Hospital do Coração, ele é uma referencia mas que nos últimos anos vem passando por esses sérios problemas administrativos e que reflete diretamente na vida de milhões de pessoa do Ceará e de outros Estados.

A Secretaria de Saúde do Estado a SESA, reconhece alguns problemas e culpa a falta de recursos, mas diz que está tomando medidas para solucionar os problemas do hospital.

por Sidney Sena

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*