BRs e CEs registram sete mortos e 50 feridos no feriadão

O feriado do Ano Novo terminou com sete mortos e 50 feridos em estradas estaduais e rodovias federais que cruzam o Ceará. Os números se referem ao período entre os dias 29 de dezembro de 2017 e 1º de janeiro de 2018, segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e registros da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Somente nas rodovias federais, foram registrados 20 acidentes, em que 21 pessoas ficaram feridas e três morreram. O primeiro óbito foi o de um motociclista de 50 anos após colisão com uma carreta, na rodovia BR-222, em Itapajé, distante 141,7 quilômetros da Capital. O condutor do veículo de carga saiu ileso. Ele foi conduzido à delegacia de Itapipoca para prestar esclarecimentos. Ele chegou a ser submetido ao teste do etilômetro, mas o resultado deu negativo.

Outras duas ocorrências com óbitos aconteceram nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, na BR-402, nos municípios de Amontada (envolvendo um automóvel e uma motocicleta) e de Umurim (envolvendo uma moto e uma bicicleta).

Aumento nas BRs

O número de acidentes em estradas federais cresceu em relação ao Réveillon de 2017. À época, foram registrados 19 acidentes e não houve vítimas fatais.

Segundo a PRF, houve 1.556 fiscalizações em motoristas durante a operação montada para o período do Réveillon. Foram 694 pessoas autuadas em infrações de trânsito, 11 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 84 Certificados de Registro e Licenciamento (CRLVs) foram recolhidos.

A infração mais recorrente foi o excesso de velocidade, com um total de 1.403 casos detectados por radares fotográficos. Dos 2.793 testes de etilômetro, onze pessoas foram autuadas e duas pessoas detidas por dirigir sob efeito de álcool.

 

Números

 

694 pessoas foram  autuadas em ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal.

 

Jornal O Povo

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*