Atacar a Globo em sua programação virou um dos ‘esportes’ favoritos da Record em 2017

 

Que paulo Henrique Amorim detesta a Globo todo mundo já sabe. Ela é o maior entusiasta das matérias que atacam o canal carioca da família Marinho dentro da Record.

O seu Domingo Espetacular é um dos carros-chefe nesta função de mostrar coisas ‘ocultas’ da Globo, ou simplesmente atacá-la por pura picuinha de audiência, a fim de tentar fazer o canal rival perder prestígio e público.

Apenas nos últimos 4 meses, a emissora de Edir Macedo atacou a Globo 4 vezes. Uma média de um ataque por mês, com destaque para novembro com 2 ataques em duas semanas.

Parece até regra dentro da Record atacar o canal rival o máximo possível e sempre que surgir uma oportunidade. Paulo Henrique Amorim, além de fazer isso na TV, também o faz em suas redes sociais e em vídeos com bastante frequência. Ele não cansa de dizer que a Globo está prestes a falir, inclusive…

ÚLTIMOS ATAQUES:

Em 16 de julho, o programa de Paulo Henrique dedicou 16 minutos a uma reportagem sobre uma delação, ainda não feita, do ex-ministro Antonio Palocci, que poderia comprometer a Globo. Até hoje, a delação não deu em nada.

Em 15 de outubro, a Record afrontou a Globo durante uma matéria de 17 minutos, pela posição que assumiu na discussão sobre suposta pornografia e pedofilia (que de pedofilia não teve nada) nas artes, envolvendo o caso de um homem nu em um museu. Segundo a Record, o canal rival teria sido ‘parcial’ e mostrado apenas um lado, o jurídico, que atestou que não havia nada de errado com a dita obra de arte. “Santa”, a Record foi contra a exposição e mostrou pessoas indignadas nas ruas falando mal da outra emissora.

No último dia 12 de novembro, o programa dominical de PHA tratou do caso de William Waack, ao longo de 11 minutos. E neste domingo último (19), por 27 minutos, apresentou os desenvolvimentos do “Fifagate”, o escândalo de corrupção na Fifa, em que a Globo foi acusada de pagar propina para conseguir direitos de transmissão. Pelo menos eles deram a resposta oficial da Globo, que negou tudo.

Mesmo com tudo isso, a Globo vem se mostrando ‘fria’, como se não tivesse tomado conhecimento dos ataques do canal rival, que custa para passar o SBT na audiência e é a 3ª emissora mais vista do Brasil e em São Paulo em 2017.

Com informações de Maurício Stycer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *