Aracati 175: História da religiosidade de várias crenças e templos da nossa terra

 

O município de Aracati no Litoral Leste Cearense completa 175 anos na próxima quarta-feira (25) de outubro de 2017.

O nosso portal começa agora uma série de matérias sobre o município. Começamos hoje falando sobre nossa religiosidade e Templos de Aracati.

Deste o ano 2000, as principais Igrejas Católicas de Aracati são tombadas como patrimônio nacional pelo IPHAN. A religiosidade do povo Aracatiense é marca de sua história, seja pelos belos templos ou festejos durante todo o ano.

O município é marcado por três grandes festas religiosas durante o ano, Senhor do Bonfim entre o final de dezembro e inicio de janeiro, São Sebastião no mês de janeiro e da Padroeira Nossa Senhora do Rosário no mês de outubro.

A Igreja Católica mais antiga segundo monsenhor Bruno é a igreja do nicho que fica entre o Centro Comercial e Histórico do município. A data de sua construção não é conhecida, mas sabe-se que o templo passou por uma grande reforma em 1907.

A capela da Medalha Milagrosa onde são celebrados missas ás terças, foi construída em 1938 e pertence as irmãs do Instituto São José. A capela do Bairro Nossa Senhora de Fatima foi construída em 1962 e é palco para os festejos em Homenagem a Fátima no mês de maio em especial dia 13, data onde é comemorada sua aparição.

Mais distante bem na periferia, foi construído a Gruta de Nossa Senhora de Lurdes em 1958, tanto em homenagem a santa quando para evangelizar o povo mais carente, hoje a gruta fica no bairro do mesmo nome e que é um dos maiores de Aracati.

Aracati possui duas igrejas com nome de sua Padroeira, a igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, onde a igreja era reservada as pessoas negras e pobres já que na igreja matriz não podiam entrar. Não se sabe sua data de construção.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário dos Brancos como era conhecida, só podia frequentar os brancos e ricos da época colonial de Aracati. A Igreja foi construída no século XVIII em 1785 em estilo colonial e é considerada uma das igrejas mais ricas do interior do Ceará. Até hoje, a igreja é conservada em sua estrutura original deste sua fundação, ao seu lado está enterrado um médico que morreu de febre amarela e por não ser católico foi proibido de ser enterrado no cemitério local. Em 1873 ganhou um cruzeiro em sua frente e que também guarda parte de sua estrutura original até hoje. A igreja Matriz de Aracati possui mais de 300 anos, sendo uma das mais antigas do estado.

A Igreja do Senhor do Bonfim é a única que fica no Centro Histórico da cidade, sua construção é de 1772, suas duas torres só foram construídas em 1854 e sua ultima grande reforma foi em 1906.

As igrejas do Bonfim e dos Rosário dos pretos tem cemitérios por trás da igreja que são reservados aos padres e outras lideranças da Igreja Católica.

As igrejas Evangélicas também são destaque em Aracati, o primeiro templo evangélico construído em Aracati foi da Igreja Batista ao lado do Sindicato Rural, hoje lindos templos como da Assembleia de Deus templo central, Bom Retiro e Igreja Batista Regular são destaques em nossa terra. Hoje a igreja Evangélica é uma das que mais crescem em Aracati segundo dados do IBGE. A Assembleia de Deus teve durante vários anos o evento “Aracati para Cristo”, que atraiu fieis de várias partes do País para o evento.

Aracati também conta com templos de  várias outras crenças como, Deus é amor, Igreja Adventista do sétimo dia, Igreja dos Mórmons, Testemunhas de Jeová, Centros Espiritas, Terreiros de umbanda e camdomblé,Congregação Cristã do Brasil, Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja da Graça, Igreja Mundial do Poder de Deus entre outras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *